Dicas de contratação

Como fazer a ativação de eSIM nos celulares da sua empresa

Por VC-X Solutions | 24.06.22
Como fazer a ativação de eSIM nos celulares da sua empresa

Nos últimos anos, os chips de celular passaram por mudanças significativas: do mini chip SIM até chegar ao eSIM, uma peça digital que fica embutida nos dispositivos e que é capaz de armazenar dados do usuário, contatos e informações sobre o plano e a linha, além do acesso à rede móvel e a conexão com outros aparelhos.

A eficiência e a agilidade operacional oferecidas pela tecnologia do eSIM deve impactar o setor de telecom nos próximos anos em todo o mundo. De acordo com uma pesquisa, o número de eSIMs instalados em dispositivos móveis deve crescer 180% até 2025, chegando a 3,4 bilhões.

Neste texto, vamos mostrar como é feita a ativação de eSIM e em quais casos é recomendado que empresa adote o uso dessa tecnologia. Confira.

Como ativar o chip eSIM nos celulares da sua empresa

As operadoras de telefonia permitem a migração dos planos atuais para o eSIM sem custos adicionais, mas é preciso ter um aparelho que seja compatível com essa tecnologia. Além disso, o processo de ativação de eSIM é diferente de uma operadora para outra.

Aparelhos de celular compativeis com eSIM
Aparelhos de celular compativeis com eSIM

Ativação de eSIM na Claro e na TIM

Para ativar o eSIM na Claro e na TIM, é preciso ir à uma loja física e comprar um eSIM card com QR code para fazer o procedimento. Antes de escanear o código, o usuário deve entrar em contato com a central de atendimento da operadora e solicitar a troca do eSIM card. A operadora irá substituir o código do QR code e somente após isso deve ser feita a leitura.

Caso o usuário faça a leitura daquele QR code adquirido na loja física, antes de fazer esse contato com a central de atendimento da operadora, será gerada uma linha pré-paga. Nesse caso, é preciso comprar um eSIM novo e aguardar o processo de ativação para que seja feita a leitura do QR code correto.

Depois disso, a ativação do eSIM vai seguir as configurações do aparelho, sem a necessidade de um novo contato com a operadora. Mas isso deve ser feito após a substituição do código.

Durante a ativação de eSIM, as informações são carregadas automaticamente e a linha é ativada. O usuário vai determinar as configurações avançadas de utilização de acesso, como escolher se essa será a linha principal ou secundária, se serão utilizados dados e voz ou apenas dados, se vai fazer e receber chamadas. Essas informações serão confirmadas pelo próprio colaborador conforme as regras estipuladas pela empresa, ou a própria organização pode fazer as configurações e entregar o aparelho com eSIM já configurado para o funcionário.

Ativação de eSIM na Vivo

A Vivo é a única que fornece a ativação de eSIM de maneira totalmente digital no portal da operadora.

Basta informar qual IMEI, EID, aparelho e número da linha para o sistema gerar um QR code de forma automática para leitura e ativação. Essas informações estão disponíveis no menu “configurações” do aparelho, mas também existem atalhos que podem ser utilizados, como: na tela de discagem, ao digitar *#06# e clicar em “discar” ou no botão “verde”, as informações serão disponibilizadas na tela do seu aparelho.

O usuário deve apontar a câmera do smartphone para o QR code e fazer a leitura do eSIM card, seguindo o passo a passo para ativação nas configurações do aparelho, sem a necessidade de contato com a operadora.

Todas as informações do QR code são vinculadas aos dados da empresa (linha telefônica e CNPJ) e serão geradas automaticamente, seja no iOS ou no Android.

Dica: o procedimento de configuração muda conforme a marca do aparelho, dependendo do sistema que está instalado. Em alguns casos, não é possível ler o QR code, sendo necessário configurar o centro de mensagens, o código de saída e demais informações de forma manual.

Boas práticas para ativação de eSIM em empresas

A escolha pela ativação de eSIM deve fazer sentido para a organização. Confira algumas situações nas quais o uso da tecnologia é importante para a empresa:

Perda ou roubo de aparelhos

A recuperação e a migração da linha é mais simples e segura em casos de perda ou roubo do dispositivo. Como o QR code já está funcionando, o usuário consegue fazer a ativação de um aparelho novo e migrar as informações de um iCloud ou de um Android, por exemplo.

O eSIM permite o rastreio e o bloqueio do aparelho, além de possibilitar que senhas e informações de acesso sejam apagadas.

Economia no roaming internacional

A ativação de eSIM também faz sentido para empresas nas quais são feitas viagens de trabalho. A tecnologia proporciona a economia com tarifas de roaming internacional de maneira simples e prática.

Se é usada uma linha principal, basta desativá-la (não receber ligações e não utilizar o pacote de dados), para evitar excedentes. É possível migrar a linha do Brasil para o eSIM antes de viajar e, ao chegar no exterior, comprar um chip físico de operadora local. Na maioria das vezes, o pacote vem só com uso de dados – dependendo do plano contratado no exterior, o usuário também poderá ter acesso a ligações ilimitadas para dentro e fora do país que está viajando.

Conclusão

A tecnologia oferece novas oportunidades para a gestão de telecom das empresas, promovendo mais eficiência e agilidade operacional em diversos setores. A ativação de eSIM se enquadra neste cenário e traz mais comodidade, segurança e economia.

O chip virtual permite que diversos processos sejam realizados remotamente, podendo ser utilizado em sensores e rastreadores de localização, drones, relógios, pulseiras e fones de ouvido, entre outros. Além disso, o eSIM também impulsiona as soluções de M2M, tecnologia de transmissão e recepção de dados de um ponto a outro, que facilita a comunicação entre equipamentos remotos e sistemas.

Avatar VC-X Solutions

Por

VC-X Solutions


Uma plataforma completa para descomplicar a automação, gestão e aquisição de Telecom e TI para empresas

wid.studio