Conceitos Telecom

O que é telecom?

Por Amanda Born | 28.09.21
Torre de telecomunicações com céu azul e algumas nuvens brancas ao fundo

Telecom é uma abreviatura para falar das telecomunicações, ou seja, um conjunto de tecnologias que torna possível a comunicação à distância

Ouvir rádio enquanto estamos à caminho do trabalho, enviar um orçamento por e-mail e, no final do dia, fazer uma chamada de vídeo com sua família ou assistir ao seu seriado favorito na plataforma de streaming. Tudo isso é possível graças a ela: a telecomunicação, que está totalmente presente em nossa vida nos dias de hoje.

Com o crescimento do home office, da computação na nuvem e a iminência da chegada do 5G, o mercado de telecomunicações não para de crescer. E essa é uma tendência que deve permanecer nos próximos anos. Isso porque, de acordo com um relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o setor de telecom e TI deve receber investimentos de R$ 845 bilhões até 2024.

Neste texto, vamos explicar o que é telecom, quais os principais serviços de telecomunicações e mostrar porque ela é tão importante no seu dia a dia.

O que é telecom?

Quando ouvimos a palavra telecom, é muito comum lembrar das operadoras de telefonia ou dos provedores de internet. Isso porque o termo “telecom” é bastante utilizado nas marcas do segmento.

Mas você sabe, de fato, o que significa telecom?

Telecom é uma abreviatura para designar as telecomunicações, que são as diversas tecnologias utilizadas para uma comunicação à distância, seja ela por voz, texto ou vídeo. A informação é transmitida por meio de sinais, o que amplia as nossas possibilidades naturais de comunicação.

A primeira tecnologia de telecomunicação foi o telégrafo elétrico, no século XIX, e desde então os sistemas de telecomunicação evoluíram muito. Temos diversas empresas especializadas e que ofertam serviços de telecom como: telefonia fixa, telefonia móvel, internet banda larga e tv por assinatura, seja para consumidores finais, seja para outras empresas.

Hoje, o segmento das telecomunicações se encontra no centro de uma revolução tecnológica, impulsionada pela chegada de inovações como 5G, Internet das Coisas, Computação na Nuvem, Computação de Borda e Inteligência Artificial. Com o advento dessas novas tecnologias, o papel e os produtos e serviços das empresas de telecomunicações não vão mais se limitar ao básico de telefonia, TV e banda larga. Por esse motivo, os serviços de telecom, que sempre foram um ativo importante, serão cada vez mais estratégicos para a inovação.

VC-X SONAR: UMA PLATAFORMA COMPLETA PARA DESCOMPLICAR A TELECOM E TI DA SUA EMPRESA. TESTE GRATUITAMENTE ➜

Como as novas tecnologias impactam o telecom

Somente em mobilidade e conectividade, o setor de telecomunicações deve receber investimentos de R$ 431,5 bilhões nos próximos três anos. Isso vai acelerar a implantação de novas tecnologias, gerando a oferta de novos serviços, novos produtos e novas formas de se fazer negócio.

Veja como a inovação já está impactando o segmento de telecomunicações:

5G

Essa tecnologia é essencial para impulsionar a inovação em telecom. Isso porque o 5G oferece mais velocidade, com menos latência e alta densidade de conexões. Dessa maneira, serão ultrapassados os desafios de conectividade que limitam a implantação de soluções que utilizam a Internet das Coisas e Inteligência Artificial, por exemplo.

Por essa razão, um estudo da IDC Brasil estima que até 2022, o 5G vai gerar 2,7 bilhões de dólares em novos negócios ligados à Inteligência Artificial (IA), Computação na Nuvem e, em especial, à Internet das Coisas.

Internet das Coisas (IoT)

Já imaginou programar a cafeteira pelo celular para ter seu café pronto e quentinho após o trabalho ou ao acordar? Ter um aplicativo para monitorar o estoque de alimentos da sua geladeira, controlar a temperatura de refrigeração e ser notificado quanto for preciso ir às compras? A casa inteligente é um exemplo de aplicação da Internet das Coisas – no inglês Internet of Things (IoT) -, que torna possível o desenvolvimento de produtos, processos e serviços inteligentes que se comunicam entre si e com as pessoas.

Nas empresas, essa tecnologia possibilita monitorar toda a operação em tempo real, permitindo um controle nunca antes visto sobre os produtos, serviços e ativos. Com isso, empresas de telecom também poderão ampliar seu portfólio de serviços em diversas áreas como indústria 4.0, varejo inteligente, smart cities, rastreamento de veículos, entre outras.

Computação de Borda

A Computação de Borda – no inglês Edge Computing – nada mais é do que coletar, armazenar, processar e analisar dados no dispositivo ou servidor onde são gerados, ao invés de usar um data center centralizado. Isso significa mover a computação dos data centers para a borda da rede, por isso seu nome.

Essa tecnologia acelera o processamento de dados coletados e transmitidos por meio de dispositivos conectados através da IoT, diminuindo drasticamente a latência. As estimativas são de que a Edge Computing deve ter uma taxa de crescimento anual de 16% no segmento de telecom, entre 2019 e 2023.

Inteligência Artificial (IA)

A tecnologia de Inteligência Artificial possibilita a criação de ferramentas que imitam a capacidade humana de aprender e tomar decisões para realizar tarefas de maneira mais inteligente, otimizando tempo, trabalho e custos.

O setor de telecom já vem empregando a Inteligência Artificial, principalmente por meio de chatbots, que além da redução de gastos com telecom geram também maior satisfação para os usuários. Por isso, os chatbots devem liderar os investimentos em Inteligência Artificial em 2021, com um aumento de 30%.

Computação na Nuvem

A Computação na Nuvem – no inglês Cloud Computing – é a tecnologia que permite ao usuário acessar de forma remota recursos, aplicativos e informações por meio de uma conexão com a internet. Nos próximos dois anos, cerca de 43% das empresas pretendem migrar algum sistema de gestão para a nuvem e os investimentos nesse setor devem chegar aos R$ 181,9 bilhões até 2024.

Percebe agora como a telecom está cada vez mais presente em nosso dia a dia, mesmo que o seu significado não seja tão conhecido?

Leia mais: 12 tendências de telecom e TI para 2022

A importância da telecom no espaço corporativo

Hoje não conseguimos imaginar uma empresa que possa operar e se relacionar com os seus clientes sem, ao menos, um serviço de telecomunicação como a internet ou o telefone. De acordo com o porte da empresa, a gestão da telecom pode se tornar cada vez mais complexa, já que são vários colaboradores utilizando serviços de telefonia e de internet para receber e realizar contatos, sejam com clientes, fornecedores ou parceiros de negócio.

Com a chegada das novas tecnologias e de novos serviços no setor de telecomunicações, as empresas vão precisar administrar tudo de forma estratégica. Por isso, devem estar preparadas para absorver os novos recursos tecnológicos e tirar o máximo de proveito de cada uma deles, sem deixar de lado o crescimento e a sustentabilidade do negócio.

*Esse artigo foi escrito em parceria com Ulysses Dutra

Avatar Amanda Born

Por

Amanda Born


Analista de Conteúdo na VC-X Solutions, apaixonada por futebol e pelo Grêmio, trilheira nas horas vagas

wid.studio